Home Artigos Carreira Quando o Trabalho é demais!

Quando o Trabalho é demais!

trabalho

É lógico que é raro ver um empreendedor queixar-se de excesso de trabalho, tudo o que nós queremos é trabalhar mais e mais. No entanto, o trabalho de empreendedor tem isso mesmo, meses em que não há trabalho, meses em que temos bastante. É raro o trabalho vir faseado, por isso, vou deixar aqui algumas dicas para não ficar sobrecarregado, sem ter tempo para mais nada. Com o excesso de trabalho vem também outro problema, que consiste em manter o seu nível no patamar de “excelente”!

É Importante Saber Dizer Não

Como trabalhador independente ou proprietário de uma pequena ou média empresa, é da nossa responsabilidade saber que projectos aceitar ou não, é a parte boa de não ter um chefe a “impingir” projectos que não são do nosso agrado.
No entanto, se a nossa agenda já está completa e o telemóvel e e-mail não param com pedidos de trabalho, temos que averiguar muito bem as nossas escolhas. Um grande aviso: deverá fazer um esforço para conseguir realizar os projectos daqueles que já foram seus clientes, pois se eles voltaram é porque gostaram muito do seu trabalho e seria muito negativo para eles se não aceitasse trabalhar de novo com eles. Se o cliente for novo tenha muita atenção, organize a sua agenda e perceba se com novas reuniões, encontros e trabalho, consegue conciliar este novo projecto.

Não Engane os Seus Clientes

Não deve deixar que o seu cliente fique com uma ideia errada do seu trabalho, por isso, caso esteja sobrecarregado, deverá indicar isso ao seu cliente. Quem sabe se em vez do cliente procurar outro profissional, se não espera até que tenha tempo, para trabalhar consigo? Tem que haver transparência para com os clientes, só assim eles confiam em si para trabalhar consigo.

Definir Prioridades

É muito importante ser-se organizado e ter um calendário com os seus prazos a cumprir. Enquanto há clientes que não se importam de esperar 2 meses pelo trabalho concluído, existem outros que querem as coisas um pouco mais apressadas. Por isso, é muito importante que defina prioridades e veja quais são os projectos que têm mais urgência e quais os que podem esperar em função de outros.
Por vezes, pode ser motivante se estiver a trabalhar num projecto que dura semanas ou até meses, mas se tem um projecto que pode ser realizado em apenas algumas horas, isso poderá fazê-lo sentir-se bem e quando voltar ao outro projecto sestará muito mais motivado.

Parcerias

É normal os empreendedores terem parcerias com outros profissionais de áreas complementares, no entanto, é preciso ter muito cuidado com essas parcerias pois devem ser de total confiança para que os seus prazos não deixem de ser cumpridos devido a atrasos do outro Freelancer.
Quando há excesso de trabalho, para que o cliente fique bem servido na mesma, é importante ter nos seus contactos um ou outro profissional da mesma área. Ajudando-o, ele também o poderá ajudar a si. É importante que a pessoa que escolhe para fazer essa parceria também tenha a abertura para fazer o mesmo consigo caso lhe aconteça o mesmo a ele.

Fazer Sacrifícios

Se é um empreendedor com tudo programado, de certeza que tem programado o tempo necessário para ver o seu programa de TV favorito, ou ler os seus FEEDS ou até mesmo ir ao ginásio ou ao café com os amigos. Mas se está sobrecarregado de trabalho talvez tenha que fazer um sacrifício durante algum tempo e evitar perder o seu tempo com esses pequenos luxos. Por isso, faça uma pausa nos seus “hobbies” e dedique-se ao trabalho, poderá mais tarde voltar a eles e assim não acumula ainda mais o seu trabalho.

Limites

Apesar de todas as dicas aqui deixadas há uma que é a mais importante delas todas, mantenha um limite! Mais uma vez repito, não adianta ter trabalho se não tiver saúde! Tente manter um horário equilibrado para poder descansar, fazer as refeições normalmente e, acima de tudo, “desligar” do trabalho durante algum tempo para que o seu cérebro descanse o suficiente.

Ana Martelo

 

Ver Também

Trabalhar em casa: inferno ou paraíso?

Sempre imaginei que trabalhar por conta própria, em casa, seria como viver no paraíso. Ter…