Home Artigos Gestão Plano de Negócios – Passo a Passo, Já vamos a meio do Caminho! – Parte 2

Plano de Negócios – Passo a Passo, Já vamos a meio do Caminho! – Parte 2

Plano de Negócios

Empreendedora (…Júnior ou Sénior), lembras-te de te ter falado numa “trilogia (…para não leres um texto literalmente gigante)”? Aqui tens a Parte 2!

Neste momento, o teu PLANO DE NEGÓCIOS deve conter um SUMÁRIO EXECUTIVO (o título de uma página em branco) e o grande capítulo que se segue contém a apresentação do teu PROJETO e da EQUIPA que o representa.

Depois?! Depois mostras, a quem quer “ler-te”, que conheces o MERCADO como mais ninguém conhece.

 

COMO ESTRUTURAR O PLANO DE NEGÓCIOS

Próximo passo?! Vamos abordar A IDEIA E O POSICIONAMENTO NO MERCADO.

Preciso que reúnas as tuas forças e faças uma apresentação sumária do negócio e das promotoras que se propõem a executá-lo. Pode parecer que estás a repetir informação, mas nestes parágrafos vais querer transmitir ao teu potencial financiador/investidor que o teu projeto é financeiramente sustentável e a tua equipa possui as qualificações necessárias para alcançar o sucesso.

Consegues responder-me à questão: “Como vou transformar a minha ideia em vendas e gerar lucro?”

Se és Sénior e queres expandir o teu negócio, apresenta os resultados comerciais mais recentes, o estatuto legal existente, o organigrama e a biografia das executivas do projeto.

Se és Júnior não tens resultados para apresentar e, por esse motivo, terás de convencer o teu investidor de que o teu percurso, os teus conhecimentos, a tua capacidade de assumir riscos e a tua resiliência serão suficientes para implementares os planos a que te propões e atingir resultados positivos.

 Capítulo seguinte? Explicitar A IDEIA, O PROJETO E O PRODUTO/SERVIÇO.

 Descreve de forma concisa mas completa os diferentes estádios de desenvolvimento do teu projeto, enumerando todas as atividades necessárias ao lançamento do teu produto/serviço (… mostra que não subestimaste os custos envolvidos nem o tempo de desenvolvimento necessário).

Sê realista e contempla todas as possíveis dificuldades que possam influenciar as tuas projeções financeiras. Ao fazeres uma reflexão sobre os pontos críticos do teu projeto, isso permitirá antecipar as ações necessárias e os recursos que deverão ser mobilizados, reduzindo o risco.

E agora diz-me… ”O que estás disposta a fazer pelo teu projeto e quanto tempo lhe vais dedicar?”

 A motivação com que cada interveniente dedica ao projeto e o tempo que deseja dispensar-lhe são variáveis determinantes para alcançar o sucesso.

Neste momento, preciso que me digas “qual é o teu PRODUTO/SERVIÇO?” para, em seguida, me apresentares a tua proposta única de valor com base na questão “porque é que todos o vão comprar?”.

Se o teu negócio envolver PRODUÇÃO, o teu investidor vai querer saber, entre outras coisas, se “vais produzir ou subcontratar a produção?”, “qual a maquinaria necessária e o seu custo?”, “como decorrerá o processo produtivo?” e “quais os custos de produção?”.

Este é o momento em que já sabes O QUE QUERES VENDER e A QUEM vamos apresentar A ESTRATÉGIA COMERCIAL que irá orientar o teu negócio. Após teres definido claramente, nas secções anteriores, a Proposta Única de Valor do projeto, deves demonstrar como a empresa se vai apresentar ao mercado, estabelecendo um preço para o produto/serviço.

PREÇO

Se o produto/serviço é completamente novo isto poderá causar-te algumas dificuldades mas é possível determinares um preço com base no valor acrescentado que o produto irá oferecer ao seu consumidor. Por outro lado, não te esqueças de que, se agregares todos os custos associados à produção, marketing e distribuição, vais encontrar o teu custo mínimo para o produto (este é o valor a partir do qual deves depois estabelecer o valor final, com base em margens de mercado ou análises de valor acrescentado percebidas pelo Cliente).

Depois de definida a ESTRATÉGIA DE MARKETING, deveras referenciar os circuitos e canais de vendas que estarão na base do teu processo de comunicação com o potencial comprador. Vais precisar de identificar quem são os teus potenciais clientes para, em seguida, segmentares o teu público-alvo e escolheres os canais de comunicação que deverão ser explorados.

E não é que a tua ideia já começa a ganhar forma?!? Estamos a chegar ao final!!!

 

Na Parte 3 falaremos sobre “ESTRATÉGIA DE GESTÃO”, “INVESTIMENTO” e “PROJEÇÕES FINANCEIRAS”. Fico à tua espera no sítio do costume!

Nádia Blanco

 


Ver Também

Plano de Negócios – Parte 3

Empreendedora (… Júnior ou Sénior), depois de leres a Parte 1 e a Parte 2, vamos redigir o…