LInQUE

cuidados paliativos
Resumo
Um projeto de grande humanismo e valor social, que apoia os doentes a as suas famílias nos momentos mais difíceis que poderão enfrentar: a incapacidade física/mental para uma vida autónoma, a proximidade do fim da vida e a perda de um ente querido.
100 %

Empreendedora: Elsa Mourão

Projeto: LInQUE

Área de atividade: Cuidados Paliativos

Contatos:

Telefone: 916 678 700

Email: geral@linque.pt

Site: www.linque.pt

Médica especializada em cuidados paliativos, Elsa Mourão é apaixonada por aquilo que faz. Essa paixão é facilmente perceptível no entusiasmo e carinho com que fala do seu projeto LInQUE, que nasceu com a preocupação de proporcionar «uma abordagem humana e inovadora aos cuidados paliativos em casa».

O drama de uma doença incurável e/ou grave com prognóstico limitado é frequentemente agravado pela impossibilidade de o doente permanecer na sua casa, junto da sua família, no ambiente que conhece e onde se sente bem. O contexto impessoal de um hospital ou de uma qualquer entidade prestadora de cuidados de saúde nunca poderá substituir a intimidade do lar, por maior profissionalismo e condições físicas que ofereça.

Os Cuidados Paliativos (CP) ao domicílio são ainda muito incipientes em Portugal, privando os doentes da possibilidade de optar por permanecer no seu ambiente familiar. Foi da constatação desta ausência de resposta que surgiu o projeto Ligamos Instituições que Unem Esforços (LInQUE), o qual mereceu o reconhecimento e apoio do Programa de Apoio ao Empreendedorismo Social (PAES) do Banco de Inovação Social (BIS), do Social Lab da Fundação EDP e do Instituto do Empreendedorismo Social (IES).

A LInQUE iniciou a sua atividade em Lisboa em 2015 e está atualmente ativo nos concelhos de Lisboa, Oeiras, Amadora e Odivelas. Obteve já o estatuto de Cooperativa de Solidariedade Social, foi recentemente equiparada a Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) e apresenta uma abordagem multidisciplinar que congrega especialistas em diversas áreas relevantes para os cuidados paliativos: medicina; enfermagem; fisioterapia; psicologia; serviço social; terapias complementares; ciências farmacêuticas; assistência espiritual e mesmo apoio na gestão financeira.

Está em atividade todos os dias, incluindo fins-de-semana e feriados, e inclui ainda um serviço telefónico que está disponível 24 horas por dia e um grupo de apoio ao luto que reúne quinzenalmente sob a orientação de dois terapeutas. O cuidador que coabita com o doente, frequentemente esquecido nestas situações, é aqui um elemento fundamental, apresentando-se como um parceiro mas sendo ele próprio um «alvo do cuidar».

Apesar de estar previsto na PORTARIA N.º 340/2015 – DIÁRIO DA REPÚBLICA N.º 197/2015, SÉRIE I DE 2015-10-08 (Artigo 10 ponto 5), o serviço Nacional de saúde não contratualiza este tipo de apoio, pelo que a LInQUE não beneficia de qualquer comparticipação por parte da Segurança Social. Apesar disso, é direcionada não apenas para quem tem possibilidades económicas para suportar o custo integral do serviço, mas também para famílias carenciadas. Esta possibilidade deriva do constituição do «Fundo Social LInQUE», para o qual pode contribuir enquanto Amigo LInQUE.

Os Amigos LInQUE são pessoas individuais ou coletivas que contribuem financeiramente mediante mecenato ou doação. São quem torna possível a universalização da prestação de um serviço vital a todos aqueles que dele necessitam. As MAO recomendam a LInQUE com a convicção de que é um projeto de grande humanismo e valor social, que apoia os doentes a as suas famílias no momento mais difícil que alguma vez poderão enfrentar: o fim da vida e a perda de um ente querido. É um direito fundamental à dignidade e à qualidade de vida e somos todos nós, enquanto cidadãos, que temos o dever, mas também o direito, de contribuir para a sua garantia.

NIB 0036 0050 99100309744 83

Recomendação Linque


Ver Também

Smile Stories

Empreendedora: Carolina Monteverde Negócio: Smile Stories Serviços: Filmagem e edição de v…