Boonzi

Boonzi

Um dos grandes desafios enfrentados pelas Mulheres à Obra passa pela gestão das suas finanças, tanto pessoais como profissionais.

Fomos à procura de soluções inovadoras nesta área e encontrámos um projeto muito interessante, nado e criado em Portugal, o Boonzi.

O que é?

Aplicação de finanças pessoais.

A quem se destina?

A todas as Mulheres à Obra e a todos aqueles que desejam efetuar uma gestão mais eficiente das suas finanças pessoais.

O que o diferencia?

  • É português
  • É fácil de utilizar
  • Tem um custo bastante acessível (e tem um período experimental gratuito de 30 dias!)

A sua qualidade tem sido reconhecida por diversas entidades relevantes na área:

  • Finalista do Lisbon Challenge em 2013
  • Finalista do concurso InovPortugal/AcreditaPortugal em 2014
  • Menção honrosa nos Prémios Exame Informática na categoria “Software”
  • Uma das “50 Hottest Startups” pelo Startups Portugal

Venha conhecer o Boonzi!

O Boonzi é uma aplicação de finanças pessoais que surgiu no mercado, em Portugal, em Janeiro de 2013, e que foi desenvolvido por uma startup portuguesa gerida por Rubim Fonseca e João Saleiro.

É composto por uma aplicação para computadores (Windows e MacOS), o Boonzi Desktop, por uma aplicação para smartphones e tablets (AndroideiOS), o Boonzi Mobile e pelo Boonzi Premium, que permite sincronizar os dados entre todos os dispositivos sendo também, por isso, ideal para transformar a gestão do orçamento numa tarefa de equipa partilhada com os restantes elementos do agregado.

Começou por ser um software para dar resposta às necessidades de organização e gestão financeira dos portugueses, adaptada à realidade de Portugal. Hoje em dia o projecto continua, mas começou em simultâneo, com a mesma equipa, a trabalhar com a empresa Doutor Finanças, que se tornou no seu projecto-parceiro.

O Boonzi oferece todas as ferramentas necessárias à gestão do orçamento familiar, sem que por isso seja difícil de utilizar. Na realidade, disponibiliza um interface gráfico muito intuitivo e de fácil aprendizagem.

O Boonzi distingue-se facilmente da concorrência em dois pontos:

  1. A importação e auto-categorização de extractos bancários: as outras aplicações implicam registar todas as despesas uma a uma, algo que não só dá muito trabalho como é demorado. A maioria das pessoas quer gerir o seu dinheiro, mas não tem paciência para registar toda as despesas, uma a uma e ao fim de algumas semanas desistem destas aplicações. No caso do Boonzi, basta um simples copy-paste para passar centenas de transacções do extracto bancário online para o Boonzi, sendo-lhes atribuídas categorias automaticamente. Não só não escapa nenhuma transacção, como algo que normalmente ocupa algumas horas por semana é feito em poucos segundos!
  2. As outras aplicações são apenas um espelho retrovisor: mostram o passado, indicando onde foi gasto o dinheiro. Esta informação é obviamente útil para nos ajudar a tomar decisões, mas depois não temos a ajuda da aplicação para a tomada de acção. E é aí que o Boonzi faz uma diferença enorme: não só nos permite ver o passado, como permite planear o futuro, indicando onde vamos gastar o dinheiro nos próximos meses, quanto vai sobrar no final de cada um dos meses, quanto teremos na conta daqui a um, se seremos capazes de pagar o seguro do carro daqui a 6 meses, etc. Ou seja, além do espelho retrovisor, o Boonzi funciona também como um género de GPS que nos indica para onde vamos e o caminho que temos que fazer para chegar lá.

As Mulheres no Boonzi

A Catarina Alves de Sousa tem a seu cargo as responsabilidades do Departamento de Conteúdos e das tarefas de Comunicação e Marketing, tanto do Boonzi como do projecto-parceiro Doutor Finanças.

A meio do ano passado reforçámos a equipa do Departamento de Conteúdos com a entrada da Sofia Serrano.

Em termos de Comunicação e Marketing, a Catarina e a Sofia são responsáveis pelo suporte ao cliente (do Boonzi), pela criação e gestão de parcerias, gestão de redes sociais, Facebook ads e Email Marketing.

Ainda no âmbito do Content Marketing, trabalham também diariamente para trazer ao site do Boonzi e do Doutor Finanças mais e melhores artigos de poupança e de literacia financeira, consequentemente ajudando as famílias portuguesas a equilibrarem as suas contas.

O Boonzi para as Mulheres à Obra!

O Boonzi foi pensado para ser uma ferramenta de gestão do orçamento familiar e não de gestão empresarial, embora vários utilizadores utilizem o Boonzi para gerir todas as esferas da sua vida.

É sempre uma questão do utilizador experimentar (é possível utilizar GRATUITAMENTE durante 30 dias!) e ver até que ponto é que o Boonzi corresponde às suas necessidades de controlo financeiro.

Por outro lado, hoje em dia, as mulheres criadoras e gestoras de (micro-) negócios preocupam-se cada vez mais em conciliar a vida pessoal com a profissional, de modo a que haja um maior equilíbrio entre ambas, pelo que o Boonzi pode ajudá-las nesse sentido e de uma forma muito prática e intuitiva.

Em termos de funcionalidades, destacam-se as que poderão ser mais úteis e atractivas para as Mulheres à Obra:

  1. Os gráficos e relatórios permitem detectar poupanças imediatas com muita eficácia. Ao sabermos exactamente tudo o que acontece na nossa conta, não só conseguimos fazer facilmente ajustes ao orçamento mensal, como detectamos despesas inesperadas como comissões de conta bancária, encargos com cartões e outros débitos directos que por vezes nos passam ao lado.
  2. O facto de termos toda a nossa vida financeira centralizada num único ponto permite-nos conhecer com precisão os hábitos de consumo do agregado familiar e ter uma consciência financeira mais ajustada à realidade;
  3. E, o mais importante: o Boonzi permite-nos ser pró-activos e planear com antecedência os próximos meses. Assegura que conseguimos optimizar o orçamento mensal de forma a terminarmos os meses sempre com excedente na conta bancária.

EXPERIMENTE GRATUITAMENTE!