Home Artigos Negócios 5 Dicas para fazer da Rede MAO a sua melhor parceira estratégica

5 Dicas para fazer da Rede MAO a sua melhor parceira estratégica

Mulheres à Obra

Um dos maiores desafios das mulheres empreendedoras é encontrar as parcerias ideais para fazer seus negócios prosperarem.

O networking é o caminho fundamental para encontrar fornecedores, clientes, investidores e multiplicadores de nossos projetos. O Mulheres à Obra® é um grupo que reúne mulheres que decidiram AGIR e assumir o comando de suas vidas para alcançar a realização pessoal e profissional.

Nessa busca por parceiras, há uma verdade desconfortável que precisa ser dita: muitos discursos encantadores se apresentam e, quando chega o momento de realmente meter as mãos à obra, não se confirmam.

Às vezes, demoramos a perceber quando alguém está querendo obter vantagens às nossas custas e, noutras vezes, somos nós mesmas que queremos tirar vantagens das nossas companheiras de grupo e sequer nos apercebemos disso.

Os motivos são variados, desde insegurança e falta de foco até desvios de caráter que merecem ser repreendidos com severidade. Contudo, não vale a pena dar atenção à raiz desse mal. Melhor que isso, é apresentar formas de solução prática para fazer essa rede de networking ainda mais poderosa do que já é, para que todas cresçamos juntas.

Encontre seu propósito

Ser dona do próprio negócio é um caminho árduo, solitário e muitas vezes ingrato. Os momentos de desgaste e insegurança são mais frequentes que os de excitação e conforto. Então, empreender sem um propósito muito claro pode ser uma grande armadilha.

O propósito é nossa maior força de continuidade. É o que nos faz levantar e seguir adiante. E é o que as pessoas compram. Nos enganamos achando que os clientes compram produtos ou serviços. Não. Eles compram o nosso PORQUÊ. O grande Simon Sinek fala muito sobre isso e recomendo fortemente sua leitura.

Para começar a encontrar o seu PORQUÊ, faça-se 3 perguntinhas:

  • Qual a minha paixão?
  • Quais as minhas principais habilidades? O que eu faço de melhor?
  • O que as pessoas reconhecem em mim como algo que agrega valor para elas?

Defina sua missão, sua visão e seus valores

Isso pode parecer uma bobagem, mas esses três pilares são indispensáveis na consolidação de qualquer empreendimento, pois são os elementos da cultura que você automaticamente irá desenvolver enquanto manifesta seu propósito através do seu negócio.

Explico: toda prática humana é geradora de cultura. Quando fundamos um negócio, mesmo que exerçamos nosso ofício sozinhas num escritório ou consultório, estamos criando uma cultura que irá se refletir na nossa marca, na nossa negociação com fornecedores, no relacionamento com os clientes, enfim, será nossa reputação.

E nada causa mais admiração no público do que consistência e congruência. Por isso ter clareza do que fazemos, de como queremos ser reconhecidas e do que é importante para nós faz com nos comuniquemos com assertividade e respeito com as pessoas, aumentando a credibilidade.

Planeje seu negócio

Ok. Tudo isso é muito bonito! Mas empreender é para quem tem ousadia e não para sonhadoras e aventureiras. Se com planejamento e estrutura os desafios são grandes, imagine se a estratégia não estiver bem articulada?

Por isso, uma vez definido os elementos abstratos do seu negócio, invista seus recursos na definição da sua estratégia, pesquise o seu mercado, dedique-se à criação da identidade da sua marca, tenha clareza do que deseja alcançar, estabeleça suas metas de crescimento, os indicadores de performance e o passo-a-passo que precisará realizar para chegar lá.

Uma ferramenta superacessível e fácil de usar é o Business ModelCanvas. Nele você tem uma ideia bastante visual do seu negócio: sua proposta de valor, quem são seus clientes e parceiros, quais os canais de entrega e relacionamento com seu público além de receitas e despesas. E, no planejamento do dia-a-dia, ferramentas de organização são de grande valia para uma rotina produtiva e bem-sucedida.

Saiba o seu valor

Só quem empreende sabe as dores e as delícias do caminho. Precificar seu produto ou serviço pode ser difícil e, para ajudar nisso, existem várias ferramentas. Google it! Mas adianto que, para sustentar seu preço numa negociação, é preciso que você esteja consciente do seu VALOR.

Aqui, voltamos ao planejamento: com uma estratégia organizada e detalhada para atingir os seus objetivos é que você saberá perfeitamente quanto vale o seu trabalho e poderá confrontar todas as objeções que os stakeholders naturalmente poderão ter quanto às suas iniciativas.

Portanto, saiba quais benefícios você entrega para seu cliente, esteja ciente do quanto pode produzir de crescimento para atrair os investidores, mostre para eles porque você se destaca da concorrência e seja firme quando for negociar com seus fornecedores.

Reconheça o valor das outras empreendedoras

E, para fechar essas cinco dicas, a mais importante de todas: RECIPROCIDADE. Se queremos viver e prosperar em rede, devemos nos comportar pensando no coletivo, agir como quem deseja crescer juntas.

Portanto, valorize o trabalho das outras mulheres do grupo. Pague pelos produtos e serviços que elas fornecem. Uma coisa é negociar preço e condições de pagamento, como acontece em qualquer negócio sério. Outra coisa é travestir a má-fé num discurso de economia colaborativa. Não faça isso! Assim como você deseja ser reconhecida e valorizada como profissional, elas também.

Noutra perspectiva, não canibalize a concorrência com preços irreais só para ganhar a maior fatia do mercado. Há espaço para todas e um trabalho de qualidade aliado às boas parcerias será o seu grande diferencial. Isso gera um clima de competição saudável que beneficia a todos – buscamos a melhoria constante e os clientes podem receber serviços e produtos de qualidade confiável.

Construa relações de confiança com base no ganha-ganha e logo verá os seus horizontes cada vez mais expandidos e terá ganhos reais em lucratividade.

Renata Netto

Renata Netto é advogada e filosofa de formação e atua como dinamizadora de crescimento de advogados, advogadas e escritórios de advocacia, traçando com eles estratégias de liderança, gestão, comunicação e marketing jurídico dentro dos parâmetros legais. Ao nível do voluntariado, facilita um grupo online de mulheres pelo resgate e valorização da força feminina na vida prática.

Devir Humano

 


Ver Também

Saiba como Acrescentar Valor

Uma das maiores dificuldades na prospeção de novos clientes B2B consiste em implementar um…