Home Artigos Marketing Digital Como promover a minha empresa online?

Como promover a minha empresa online?

Primeiro artigo da Série PRIMEIROS PASSOS NO MARKETING DIGITAL

‘A voz do povo é a voz de Deus’ é um ditado bastante popular e especialmente verdadeiro para o sucesso dos nossos negócios e uso inteligente do marketing digital. Sabendo disso, eu lancei a pergunta ao Grupo do Facebook Mulheres a Obra (se você ainda não participa, busque lá) o que as mulheres empresárias, empreendedoras e autônomas gostariam de saber sobre marketing digital. A resposta quase uníssona foi «Como promover a minha empresa online?»

Assim, a minha missão neste artigo é responder da forma mais simples e clara possível, ainda que pense que custaria um Manual de 200 páginas para responder essa pergunta completamente. Digo que preencheria um manual porque é uma pergunta ampla e de algum modo introdutória ao tema do marketing digital.

É bem verdade que os últimos anos transformaram completamente a internet. Há tantos recursos disponíveis, há tanta tecnologia envolvida, que mal sabemos por onde começar. É assim que você se sente? Bem, se é um conforto, eu continuo a me sentir assim todos os dias, pois os avanços não param. Então lhe entendo perfeitamente, eu já estive onde você está hoje.

Eu entendo que para começarmos a jogar o jogo do marketing digital, precisamos ter uma visão geral sobre como o digital encaixa no mundo real dos negócios, que recursos temos disponíveis e quais são as regras do jogo. Por isso falarei brevemente sobre estas três questões e espero que elas contribuam para sua melhor compreensão e autonomia básica neste mundo virtual.

Como o digital encaixa no mundo real dos negócios

Tenha em conta que o mundo digital só está aqui para servir ao mundo real. Assim, o marketing digital será mais uma estratégia para que os objetivos da sua empresa sejam atingidos. Antes mesmo de saber se você terá um Site, um Blog, que fará vídeos para o Youtube ou será só Facebook, você precisa ter claro quais são os objetivos de curto, médio e longo prazo do seu negócio.

Qualquer caminho serve se você não sabe para onde quer ir!

É muito fácil cairmos na cilada de dedicarmos muito tempo na internet a algo que não nos trará resultado algum! Nós já sabemos, pessoalmente, que as redes sociais, o Google, os portais de notícias, os vídeos consomem muito tempo da nossa vida. Então não deixe que isso aconteça também na sua vida profissional. Não vá alimentando uma página de Facebook, respondendo comentários, olhando publicações de concorrentes sem antes dedicar um mínimo tempo a decidir por que fazer isso.

A outra cilada em que a maioria das pessoas caem é tomar o rumo de outrem. ‘Maria está vendendo no Facebook, então eu vou criar uma página no Facebook para meu negócio, porque vai dar certo’. Independente se a Maria é uma especialista em marketing digital ou sua melhor amiga, tenha algo em mente: se está dando certo para ela é porque ela tem uma estratégia bem definida e uma execução excelente, não pelo recurso em si que ela está utilizando.

Com certeza, na sua empresa há desafios a superar ou oportunidades já identificadas. Possivelmente você já tem objetivos de negócio, só não os escreveu ainda. Para lhe ajudar, trarei alguns exemplos mais comuns de objetivos que podem ser nosso ponto de partida para uma estratégia digital.

Objetivos de negócio que podem ser traduzidos em estratégias digitais:

No caso de estabelecimentos comerciais, que vendam produtos e/ou serviços em espaço físico, os objetivos poderiam ser:

  • Levar mais pessoas ao meu estabelecimento físico
    • Ser encontrado online, consequentemente offline
    • Ser mais conhecido na região
    • Aumentar a frequência de visitas dos clientes atuais ao estabelecimento
  • Vender mais
    • Aumentar a venda de um produto/serviço ou categoria específica
    • Vender mais em dias da semana ou períodos do mês específicos
  • Posicionar-se no mercado, diferenciar-se da concorrência
    • Demonstrar benefícios tangíveis/funcionais da empresa ou dos produtos
    • Agregar valor emocional/intangível a marca

Já para profissionais que vendem conhecimento e serviços criativos, além dos objetivos acima, pode-se querer:

  • Ser reconhecido como autoridade no assunto, ter credibilidade na área de atuação
  • Fazer-se conhecido por mais pessoas

E, por fim, negócios que comercializam produtos ou serviços online podem ainda querer:

  • Levar mais pessoas à minha loja online
  • Aumentar a conversão da loja online
  • Lançar um novo produto/serviço online

Possivelmente você conseguiu identificar dentre estes exemplos pelo menos um objetivo que é o principal do seu negócio atualmente. Este seria nosso ponto de partida e nosso principal objetivo para promover o seu negócio online. Poderíamos traduzir o objetivo do marketing digital para a sua empresa na frase:

Quero promover a minha empresa online para……[aumentar o número de clientes no meu restaurante às terças-feiras à noite].

E agora que já temos estabelecido o principal objetivo, pelo menos o objetivo dos primeiros meses, pois cada mês poderá ou não ter objetivos diferentes, vamos ver quais são os tipos de recursos de marketing digital que estão ao nosso dispor.

Nossa Caixa de Ferramentas Digital

Quais são os recursos que estão disponíveis para você usar?

O marketing digital tem um grande aparato de ferramentas que pode nos ajudar muito a conquistar os objetivos de negócios se bem escolhidas e utilizadas corretamente. A quantidade de recursos que você utilizará dependerá de uma coisa simplesmente: quanto tempo ou recursos humanos tem para investir em digital. Quanto mais recursos você consegue orquestrar, maiores chances de resultados. Lembrando sempre que quantidade sem qualidade de execução não adianta muito. Portanto, o que você escolher, faça bem feito!

Na minha opinião, no mundo ideal todas empresas teriam pelo menos 1 ou 2 itens de cada categoria: um site, duas redes sociais, mensagens instantâneas, email, buscas e anúncios. Mas já sei que o mundo dos negócios não é nem de longe o mundo ideal. Geralmente temos poucos recursos financeiros para investir, pouco tempo e muitas atividades!!

Dê uma olhada na lista de recursos mais populares de marketing digital (com certeza há muitos mais do que os que estão aqui):

  • Website
    • Página simples de apresentação
    • Blog
    • Loja online
    • Página exclusiva de 1 produto/serviço
  • Redes Sociais (usuários ativos)
    • Facebook (2,2bi)
    • Youtube (1,5 bi)
    • Instagram/ IGTV (1,0 bi)
    • Twitter (330 mi)
    • LinkedIn (260 mi)
    • ….
  • Mensagens instantâneas (usuários ativos)
    • Whatsapp (1,5 bi)
    • Messenger (1,3 bi)
    • Wechat (980 mi)
  • E-mail
    • Newsletter
    • Campanhas
    • Automação
  • Buscas
    • Google Meu Negócio
  • Anúncios
    • Facebook/Instagram
    • Google
    • Youtube
    • Anúncios distribuídos na internet
    • Artigos distribuídos na internet

(dados: oficinadanet abril 2018)

A grande questão do meio digital é a sua dinamicidade. Quase tudo deve ser atualizado constantemente, senão atualizado, monitorado, perguntas devem ser respondidas e assim em diante. Poucos ou nenhum destes recursos é um investimento de tempo de uma vez só. Em geral requerem pelo menos 4h por mês no mínimo. Então tenha isso em conta na hora de escolher as ferramentas que vais utilizar e reserve tempo na sua agenda!  Assim, para empreendedoras eu recomendaria que pelo menos tivessem um site e uma rede social (escolha uma das três de maior popularidade).

Estratégia digital! que recursos eu uso para atingir meu objetivo?

Uma estratégia digital é a combinação de recursos que vais utilizar para atingir um ou mais objetivos de negócio. Existem múltiplas estratégias ditas vencedoras,

A primeira vista pode parecer que alguns objetivos associam-se diretamente com um recurso. Que eu quero vender mais online, por exemplo, pode-se pensar que é obrigatório ter uma Loja Online, mas isso não é verdade. Algumas opções para quem quer vender online, podem ser:

  • Facebook, Site, Loja online, Email marketing
  • Anúncios, Instagram, whatsapp
  • Youtube, Landing Page de produto, E-mail marketing
  • Anúncios, Facebook, Email marketing, Site, Landing Page

Vê-se que a possibilidade de combinação de recursos é enorme e todas elas podem funcionar. A inteligência do marketing digital é construir um FUNIL DE VENDAS adequando o seu objetivo de negócio às ferramentas adequadas em cada fase e alimentar estas ferramentas com conteúdos assertivos para o público-alvo.

É bem possível que a esta altura você pense que eu vim a complicar mais do que facilitar a sua vida. 🙂 A verdade é que fala-se muito da simplicidade do empreendedorismo digital e a meu ver de simples não tem nada. É preciso termos sim maior clareza da complexidade para ter capacidade de criar estratégias simples e eficazes para os nossos negócios.

Mais do que QUAL recurso você opta utilizar, o COMO será o que definirá entre sucesso e fracasso.

Não existe a estratégia certa, mas existe a estratégia bem executada!

3 pilares de sucesso para qualquer estratégia: Presença, Consistência e Frequência

Independente das ferramentas, da estratégia e dos objetivos, eu vou te dar uma grande dica e te explicar os 3 pilares de sucesso de qualquer estratégia, na minha opinião.

1º PILAR Presença: a primeira coisa que você precisa é ser encontrado online. Ser encontrado quando digitam o nome da sua empresa e também quando pesquisam pela categoria de produto/serviço. Quando você cria um ‘rastro digital’ você confere a sua empresa credibilidade. Não só registra que a empresa existe de fato, quanto atribui-lhe características, benefícios e diz às pessoas o que elas podem esperar de você/da sua empresa. É possível registrar PRESENÇA digital só tendo uma página no Facebook, sim, mas não desejável pois às informações por lá não são ordenadas e não dão uma ‘visão geral’ da empresa, produtos, história e atuação. O mais adequado é ter um site ou landing page e um registro no Google Meu Negócio.

2º PILAR Frequência: Aquele velho ditado: quem não é visto não é lembrado’ é certamente verdadeiro no marketing, tanto tradicional quanto digital. A questão aqui não é só de marcar presença na mente do consumidor, mas também é necessária frequência de publicações para empresas como Facebook, Google e Youtube te ‘ajudem’ a aparecer mais. Quando você mantém uma boa frequência de publicações nestas redes, elas ‘confiam’ mais em você e tem uma probabilidade maior de distribuir seus conteúdos. Duas publicações por semana é um número mágico que serve para quase todos os recursos: desde e-mail, blog, facebook, youtube, instagram, Então estabeleça e procure manter a mesma quantidade de atualizações, faça da atividade uma rotina para você.

3º PILAR Consistência: De novo, quantidade não substitui qualidade. É preciso ter consistência em todos os pontos de contato com objetivo estabelecido. Consistência é manter um padrão de linguagem, de imagem, de profundidade de conteúdo, de tipo de conteúdo. Com certeza eu recomendo você usar menos recursos e dedicar-se muito àqueles escolhidos. Tenha sempre em mente os atributos que deseja transmitir. Será que uma imagem feita em Power point passará a credibilidade que espera? Não limite-se apenas ao que você já sabe, vá em busca de novos conhecimentos, ferramentas úteis que facilitem o seu trabalho (nesse caso, o Canva).

Estes são os 3 pilares que eu considero fundamentais para qualquer estratégia que você venha a utilizar. Entretanto, além dos pilares, tem uma dica muito importante para você que está começando.

1 Dica fundamental: Internet é uma via de mão dupla

Se este é o motivo porque a internet demanda mais tempo do empreendedor, também é a característica mais preciosa: não só falamos, mas também OUVIMOS nossos potenciais consumidores na internet. O marketing digital, diferente do tradicional, é uma via de mão dupla. Um outdoor ou um anúncio na televisão não permite que o anunciante ouça as pessoas falando enquanto assistem o comercial, mas no digital sim, é possível e provável que aconteça. Inclusive é desejável que você mesma fomente a interatividade e recolha as opiniões das pessoas para melhor conhecê-las, interpretar o que desejam, como gostam de ser atendidas, etc.

Pode parecer tomar muito tempo, mas é importantíssimo que você leia todos comentários (e responda), responda todas as mensagens instantâneas e e-mails (mesmo que tenha respostas automáticas ou pré-prontas), realize inquéritos em redes sociais e listas de email. Poderá ajudar muito também você ler comentários nas páginas e redes sociais dos seus concorrentes ou referências de mercado.

Muitas pessoas, assim como no mundo offline, estão mais interessadas em FALAR do que OUVIR, mas lhe digo que se aprender a ouvir na internet terá enorme vantagem competitiva. Utilize toda esta informação para moldar a forma como você se comunica e vende, ajustar conteúdos digitais, criar novos produtos e promoções e fazer anúncios mais assertivos.

Minha missão quase impossível…

A minha missão neste artigo era responder «Como promover um negócio online». Desde a primeira linha escrita eu já sabia que seria um grande desafio, pois essa pergunta pode ser tema de um curso inteiro. Assim eu optei por traçar uma visão geral sobre o tema e fomentar mais dúvidas, desta vez mais específicas para eu responder nos próximos artigos. O que lhe parece?

Leituras recomendadas:

  • Para ter uma visão geral do que é marketing digital e a diferença para o marketing tradicional, leia ESTE ARTIGO.
  • Para saber como começar a usar redes sociais para promover seu negócio online, leia ESTE ARTIGO

 

Rafaela Sanzi dedica-se à ciência do empreendedorismo e à arte da felicidade. Produz e vende online programas de desenvolvimento pessoal. Estuda ciência social na Universidade Nova de Lisboa. Escreve para os portais Attached Creative e Mulheres à Obra.


Ver Também

Mercado Digital Único

Enquanto estávamos completamente descansadas (e desconhecendo a situação, certamente), a U…