Home Testemunhos No sofá com a Empreendedora Fernanda Martins – Caminho para uma Vida Saudável

No sofá com a Empreendedora Fernanda Martins – Caminho para uma Vida Saudável

P. – Qual a tua atividade profissional?

Há 3 anos que exerço a profissão de nutricionista, dou consultas na região de Lisboa e online, mas tenho outras atividades complementares que são:

PersonalChef,  que consiste numa aula prática de cozinha saudável em casa do cliente para explicação básica da utilização e confeção dos novos produtos prescritos no plano alimentar, que inclui a feitura de uma refeição completa, com entrada, sopa, prato principal e sobremesa.

Nutritional Shopper, que consiste no acompanhamento dos clientes nas compras de produtos no supermercado com objetivo de explicar a escolha dos “novos alimentos” que foram introduzidos no plano alimentar.

Workshops, Showcookings e Palestras sobre temáticas relacionadas com a Nutrição.

P. – Quando sentiste o “chamamento” do empreendedorismo na tua vida?

Trabalhei na Administração Pública durante 39 anos, mas fui fazendo ao longo da vida várias formações relacionadas com a alimentação saudável, nomeadamente, os cursos de Macrobiótica, de Plantas Medicinais e de Alimentação Vegetariana, entre outros.

Entretanto,aproveitando os conhecimentos que fui adquirindo, ministrei alguns Workshops sobre alimentação saudável. Mas chegou um momento em que tive de decidir se realmente queria mudar o caminho da minha vida e dedicar-me ao que realmente amava –  partilhar conhecimentos sobre a forma de viver mais, de maneira saudável e sustentável.

Resolvi, então, inscrever-me na universidade e fazer o curso Superior de Ciências da Nutrição de forma a estar preparada, cientificamente, para dar o salto. Reformei-me há cerca de 5 anos e dediquei-me por completo à Nutrição.

P. – Como começaste o teu percurso empreendedor?

Ser empreendedora na minha área não é fácil. Nos estágios que tive de fazer durante o curso de Ciências da Nutrição e no estágio para ingressar na Ordem dos Nutricionistas, tive oportunidade de verificar que os meus colegas, para sobreviver nesta profissão, têm muitas vezes de percorrer, diariamente, centenas de quilómetros, para conseguirem atingir os seus objetivos. Eu, inicialmente, trabalhei em parceria com uma Naturopata, mas há ano e meio que trabalho sozinha.

 P. – Que dificuldades encontraste nesse percurso e como as contornaste?

Como referi anteriormente trabalhar sozinha não é fácil, sobretudo em Lisboa onde o número de colegas nutricionistas tem vindo a aumentar nos últimos anos. Um dos desafios com que eu e os meus colegas nutricionistas nos deparamos é proliferação de atividades ligadas ao aconselhamento nutricional, oferecidas online, que não são realizadas por profissionais de saúde, como nós, cujos conselhos não são suportados por evidências científicas.

Como é que tenho contornado esses desafios? Procurando “Fazer Diferente” em consulta. Um dos meus públicos-alvo são as pessoas que pretendem mudar a alimentação para uma alimentação mais saudável, vegetariana ou mesmo “vegan”, e isso também me diferencia da maior parte dos meus colegas de profissão.

P. –Comparando a tua atual atividade profissional empreendedora com o trabalho que tinhas antes, que diferenças destacas?

Apesar do desafio de trabalhar sozinha não ser fácil, o facto de não depender de ninguém para organizar e planear a minha agenda é uma liberdade que durante 39 anos praticamente não tinha experimentado e isso é, para mim, muito aliciante.  Outro ponto importante é o facto de sentir que é esta a minha Missão de Vida, que me deixa realizada e mais feliz.

P. – Que dicas gostarias de partilhar para quem quer dar os primeiros passos numa carreira empreendedora?

Muitas vezes comentam comigo que não é possível estudar numa idade mais adulta. Com emprego e família constituída não se consegue fazer determinada formação ou curso que nos permita realizar o nosso propósito de vida. Eu refuto totalmente esse pensamento.

Na minha opinião isso consegue-se gerindo bem o tempo que dispomos para atingir os objetivos que temos em mente. As minha dicas,para atingir esse desiderato, são: Foco, Determinação, Persistência e ter um Objetivo bem definido.

Ver Também

No sofá com a Empreendedora Diana Silva – Maternidade Descomplicada

P. – Qual a tua atividade profissional? Ainda trabalho uma parte da semana como Engenheira…