Home Artigos Gestão Líderes Nus – Liderar pela autenticidade

Líderes Nus – Liderar pela autenticidade

Hoje ser líder não é tarefa fácil. São múltiplos os desafios e encontrar a estratégia certa para motivar “as suas pessoas” parece ser o maior desafio do líder.

Acreditamos que o segredo para alcançar o êxito parece ser óbvio: “despir-se”.

Todos hesitamos em nos apresentarmos como somos, vulneráveis. Tememos ser julgados pelos outros se revelarmos a nossa verdadeira essência. É preciso coragem para revelar as nossas emoções mais profundas, é necessário ter ousadia para nos apresentarmos “nus” à frente dos outros.

Este gesto é essencial para desenvolver e manter relações fortes. As pessoas apreciam a honestidade, confiam mais, sentindo-se mais próximas, dado que o líder se torna real. Há uma profunda e mais rápida ligação.

Esforçamo-nos por parecer perfeitos, fortes, trabalhadores, inteligentes, para tentar criar ligações fortes, sem nos apercebemos que essa é a estratégia errada. É a vulnerabilidade que nos ajuda a criar ligações mais fortes com os outros.

As pessoas ficam impressionadas quando assumimos erros e fazemos disparates, percecionam-nos como humanos. Os líderes não têm que saber tudo e ter sempre resposta/solução. É natural nem sempre saber como agir, nem mesmo como proceder.

Quando denotamos fraqueza e franqueza aproximamo-nos mais das equipas e reforçamos a confiança, tornamo-nos autênticos.

Quanto menos autênticos nos sentimos, maior o stresse, menor a sensação de bem-estar e mais propensos ficamos ao colapso. Parte da liberdade é expressarmo-nos com honestidade.

Não tente parecer, sem ser, invista no que realmente é. Dispa-se.

“Ninguém pode, por muito tempo, ter um rosto para si mesmo e outro para a multidão sem no final confundir qual deles é o verdadeiro.”
Nathaniel Hawthorne

Vera de Melo

Ver Também

Precisamos, nas organizações, de líderes com “espírito de criança”

“Não devemos jamais deixar morrer no nosso espírito, aquela criança que um dia fomos.” Num…