Home Artigos Carreira 7 Dicas para Viver Mais Alinhado e Descobrir o seu Propósito de Vida

7 Dicas para Viver Mais Alinhado e Descobrir o seu Propósito de Vida

Decidir viver de forma mais consciente, não é fácil. Mas o autoconhecimento é, de facto, o que permite ir mais longe na nossa evolução.

Ao decidir viver de uma forma mais consciente vai ser uma pessoa mais equilibrada, com mais energia e mais feliz, que mais facilmente vai atingir os seus objetivos. 

Estar consciente e encontrar o nosso Propósito de Vida, significa estar atento ao que se passa dentro de si e tomar decisões de forma mais alinhada e não apenas por impulso. Esta atitude é o primeiro passo para uma vida mais consciente.

Como cada vez mais pessoas sentem esta urgência dentro de si, resolvi deixar-lhe aqui algumas dicas para viver de forma mais consciente e estar mais alinhado:

1ª Dica – Lembre-se de estar no “momento”, mas faça um esforço para não perder o contexto em que se encontra

Viver o momento presente é fundamental. Uma das razões dos níveis de ansiedade que as pessoas têm está ligada ao facto de muitas vezes viverem ou no passado ou no futuro. No entanto, e apesar de estar a viver o presente, não deve perder a noção do contexto.

Só com níveis progressivos de reflexão vai conseguir adaptar o seu cérebro a este tipo de exercício, mas vale a pena o esforço, porque se o conseguir a sua vida passa para outro patamar, em termos de eficácia e em termos de consciência.

2ª Dica – Identifique situações que o incomodam e fale abertamente sobre elas, em vez de as esquecer e fazer de conta que não existem

Este tipo de atitude é normal, pois as pessoas tendem a evitar confrontarem-se com as situações que lhes são mais dolorosas e a ficar na sua zona de confronto. No entanto, treinar-se a agir de outra forma é fundamental para viver de forma mais consciente.

Por isso lembre-se: se não quer perder energia é importante enfrentar situações que são relevantes mas simultaneamente complicadas ou dolorosas, porque se o fizermos a situação vai acabar por ficar resolvida.

Se não o fizer, vai acabar por ter menos energia e pode acabar com uma situação indesejada, para além do facto de a sua uma autoestima ficar cada vez mais baixa.

3ª Dica – Aprenda a fazer uma distinção logicas entre: factos e emoções

Por vezes, ficamos toldados pelas nossas emoções. No entanto, treinar-se a refletir e ficar no papel de observador é fundamental.

Quanto mais for capaz de adotar o papel de “observador” e se conseguir distanciar das situações para as conseguir analisar, mais facilmente vai conseguir distinguir:

  • Os factos
  • As várias interpretações (suas e dos outros)
  • E as emoções.

Desta forma, as suas decisões vão ser mais conscientes e mais corretas, abandonando aos poucos a vontade de agir sem pensar e apenas por impulso. Muitas vezes pode dar um “gozo” enorme mas depois seguem-se as consequências que podem ser muito negativas.

4ª Dica – Analise “onde está” em relação aos seus objetivos e projetos

Não basta planificar, é importante também ter momentos para verificar o que está a conseguir.

Tem o seu Plano Pessoal com objetivos que quer atingir?

Se já atingiu alguns objetivos, lembre-se de comemorar quando o fizer. Assim está a reforçar dentro do seu cérebro o sentimento de gratidão e de sucesso e esse reforço vai validar e ajudar a que siga em frente.

A maioria das pessoas não está consciente dos seus próprios sucessos, focando-se apenas nos insucessos momentâneos ou do passado. Está na altura de inverter essa situação.

Lembre-se: se houver um alinhamento entre as suas intenções e as suas ações, tudo faz sentido tanto para si como para os outros e isso torna a sua vida muito mais fácil.

5ª Dica – Esteja disposto a rever as suas convicções mais antigas

Ser curioso e adotar uma atitude de aprendizagem é fundamental. O mundo está a mudar a uma velocidade vertiginosa. Se ficar agarrado às suas convicções antiga não vai conseguir evoluir. Mantenha uma atitude de curiosidade e predisponha-se a conhecer novas realidades e novas formas de saber.

Só estando aberto ao que é novo e ao que é desconhecido é que vai poder sair mais facilmente da sua Zona de Conforto, entrar na sua Zona de Desafio evoluindo como pessoa e sentindo-se confortável com o que foi até agora desconhecido, mas que representa também o seu próprio crescimento.

6ª Dica – Assuma um compromisso com a sua própria evolução e esteja disposto a corrigir os erros. Procure sempre expandir a sua perceção 

Todos nós estamos em evolução, mas ela pode ser mais ou menos inconsciente. Se estou à espera das situações negativas para aprender estou a ser totalmente reativo.

Se quero de facto crescer e procuro ativamente a minha evolução, desafiando-me a mim próprio e seguindo em frente, então estou muito mais consciente e capaz de evoluir, integrando cada vez mais situações positivas na minha vida.

Ao aceitar esta dinâmica e ao corrigir proactivamente os seus próprios erros vai seguramente ser uma pessoa diferente, mais consciente e com mais energia.

7ª Dica – Descubra o seu Propósito de Vida e Interesse-se por conhecer a sua realidade interna

Muitas vezes as pessoas afastam-se progressivamente dos seus sonhos e das suas emoções. Enterram os sonhos num baú e poem um pedregulho em cima passando a ter uma vida de rotina que lhes rouba toda a ilusão e toda a energia.

Reserve algum tempo para estar consigo mesmo para refletir e descobrir qual é a sua Missão. Ao conhecer melhor a realidade interna vai conseguir perceber melhor as suas Capacidades e as suas Paixões.

É importante tomar consciência dos seus próprios valores, todas as suas decisões vão ser muito mais conscientes.

Se HONESTIDADE faz parte dos meus valores, não posso entrar em situações que sei que são menos honestas.

Se CRESCIMENTO PESSOAL é um dos meus valores, não posso estar estagnado na vida à espera que a situação mude.

Se AUTENTICIDADE é um dos meus valores, não posso ter conversas menos claras e agir manipulando quem está à minha volta.

Lembre-se: todos nós somos líderes de uma forma ou de outra, mas a primeira coisa é percebermos qual é o nosso Propósito de Vida e vivermos plenamente a nossa Missão.

Sem isso, não conseguimos estar bem connosco mesmos e estarmos alinhados.

Teresa Botelho

Ver Também

Será que a falta de recursos está a limitar o crescimento do teu negócio?

Precisamos de desenvolver uma mentalidade, uma postura ANTI- FRÁGIL. …