Home Artigos Carreira Como ser produtivo num mundo que nos acelera ao segundo?

Como ser produtivo num mundo que nos acelera ao segundo?

Produtividade

Num mundo cada vez mais competitivo, mais exigente, mais volátil, assiste-se a uma necessidade crescente de ter de se fazer mais, melhor, mais rápido e com menos recursos.

E, não há dúvidas, de que esta era da informação nos proporciona condições que, à partida, nos permite alcançar este alto desempenho, quer a nível profissional quer a nível pessoal, dado o acesso gigante a que temos a informação repleta de dicas, estratégias, técnicas.

Mas, a verdadeira questão aqui é se, efetivamente, estamos a caminhar para alcançar este tão desejado alto desempenho, ou seja, atingir um elevado grau de satisfação nas diferentes áreas da vida ou se nos estamos a afastar cada vez mais dele?!

Deixo a questão para reflexão!

Apresento abaixo algumas práticas simples que, quando aplicadas, terão um impacto direto na tua no aumento da tua produtividade. Ora vejamos:

Criar um “quartel general”

Para momentos de foco é fundamental criares um “quartel general”. Isto significa, desligar todas as notificações, emails, redes sociais e munires-te de todas as ferramentas, materiais que precisas para te dedicares, durante um período de tempo, completamente ao trabalho que estás a desenvolver.

É fundamental que esse ambiente esteja organizado. Por isso, é fundamental teres definido esse espaço físico, em casa ou no trabalho, que reúna as condições  para estes blocos de tempo de hiper foco.

Integrar um sistema de foco-pausa-foco

Integrar esta prática de foco-pausa-foco vai potenciar muito o teu desempenho. Podemos usar a chamada técnica Pomodoro, desenvolvida por Francesco Cirillo, no final dos anos 1980, e que consiste em trabalhar, de forma focada, durante 25 minutos, seguindo-se uma pausa de 5 minutos. Ao 4º bloco de 25 minutos, deverás fazer-se uma pausa mais longa, entre 20 a 30 minutos.

Recorrer a um cronómetro potencia muito a produtividade, pois pode estabelecer-se objetivos de conclusão de tarefas para esses blocos de foco. Aliás, Cyril Northcote Parkinson lembra que, quanto menor é o tempo, maior é a capacidade de foco, uma vez que “o trabalho se expande de modo a preencher o tempo disponível para a sua realização”.  Ou seja, se dispões de 1 hora para realizar uma tarefa que apenas demora 10 minutos, vais ocupar toda essa uma hora para a concluir. Daí, a importância de definir os tempos dedicados a cada tarefa.

Determinar um momento de planear e rever

Significa estabelecer períodos de planeamento e revisão semanais, o que constitui, sem dúvida, uma prática para alcançar a alta produtividade. Começar o dia de trabalho com uma visão clara das 5 tarefas mais importantes do dia, permite priorizar e focar naquilo que realmente importa.

E, para isto, é necessário dizer Não a muita coisa, porque, na realidade podemos definir o ato de focar como a capacidade de dizer Não a tudo aquilo que não está alinhado com os objetivos.

Gerir eficazmente a energia

É fundamental e, por isso, é preciso alocar as tarefas de acordo com o Foco-Motivação-Energia que dispões no momento.Algumas tarefas exigem maior concentração e criatividade, então, devem ser alocadas em períodos específicos do dia.

Para a grande maioria das pessoas, este período é de manhã, contudo, pode variar de acordo com o seu perfil cronológico (vespertino, matutino ou intermédio). Gerir a energia é compreender que, de facto, a alimentação, a atividade física, a hidratação são práticas fundamentais para o aumento de produtividade.

Ainda que sejam simples, a adoção destas práticas exige muita vontade e prática, até se cristalizar como um novo hábito. A sugestão, é que comeces por escolher as que consideras as mais simples, para ti, de implementar de imediato e depois vai integrando as restantes.

Cria o hábito, cria rotinas na tua prática e vais ver como notarás, muito rapidamente, uma grande diferença na tua produtividade, nos teus resultados, na tua satisfação e até no aumento da tua energia e motivação.

Não há pessoas mais produtivas do que outras. Há, antes, pessoas que sabem como potenciar as suas capacidades. E tu podes ser uma dessas pessoas. Potencia as tuas, basta aprenderes e aplicares na tua vida pessoal e profissional.

Patrícia Rosa

Ver Também

LEAP Center – Um parceiro de excelência

O conceito LEAP surgiu em 2011 com a missão de contribuir positivamente para o panorama do…