Home Artigos Carreira E tu, tens um Plano de Carreira?

E tu, tens um Plano de Carreira?

Nós, empreendedores(as), estamos neste momento a atravessar talvez um dos períodos mais desafiantes das nossas carreiras. Muitos de nós tivemos de nos adaptar, outros reinventar, outros(as) possivelmente ainda estão um pouco perdidos(as), mas hoje quero-te falar de uma solução que é fundamental para qualquer pessoa que se interesse pela sua carreira: Um plano! Já fizeste “O” Plano da tua Carreira?

Comecei a minha carreira na área de Gestão Hoteleira, depois como empreendedora também na mesma área, proprietária de duas Guesthouses. Há cerca de um ano dei por mim a dar formações em redes sociais e empreendedorismo! Como criativa que sou, adoro fazer imensas coisas, mas há algum tempo que sentia que não estava focada o suficiente, e os resultados não eram tão positivos como de costume. Foi aí que senti que devia começar a traçar o meu Plano de Carreira.

Com o início das formações em Empreendedorismo, onde ajudo pessoas a fazerem transições de carreira, outras a lançar os seus projetos, entre outros objetivos, comecei também a minha carreira enquanto Coach de Carreira.

E, afinal, no que consiste um Plano de Carreira? Não é nada mais nada menos, do que uma lista de objetivos a curto, médio e longo prazo, traçados para o futuro da tua carreira. A ideia é traçar um plano de ação com todos os passos a dar por ordem cronológica, e de preferência na direção em que os teus objetivos sejam alcançados.

Posso adiantar-te desde já, que assim que o fizeres, um dia mais lá à frente vais agradecer a ti próprio(a) por o teres feito e perceber a sua importância!

Já começaste a trabalhar e achas que é tarde para elaborares o teu plano de carreira?

Nunca é tarde! A verdade é que o podes fazer em qualquer altura da tua vida. É no momento da realização deste plano que te vais aperceber não só da direção para onde desejas caminhar, mas também ver se tens todas as competências necessárias para atingires os teus objetivos, ou se terás de adquirir e desenvolver novas competências. Quando tiveres o teu plano elaborado vais ver que o teu foco e realização profissional vão aumentar drasticamente e vais conseguir ver de forma mais clara todos os passos que precisas dar para lá chegares.

Bem, então o que é realmente importante analisar antes de elaborar o teu plano de carreira?

  • Saber para onde queres ir

Hoje mais do que nunca é importante que definas para onde queres ir e como vais lá chegar. Estás mesmo numa de deixar a pandemia decidir a tua carreira? Pois claro que não. Qualquer empreendedor, seja ele trabalhador por conta própria ou por conta de outrem, tem a capacidade de se adaptar e reinventar rapidamente, por isso nada de procrastinação. Toma as rédeas da tua vida profissional. Não te esqueças que o bem-estar emocional e a realização a nível pessoal são fundamentais e fazem parte da carreira, daí a importância de pensares a tua vida no futuro, fazendo uma simbiose entre a tua vida pessoal e profissional.

  • Procurar a felicidade no trabalho

Se acordas todos os dias com um brilho nos olhos e entusiasmado(a) por ir trabalhar é porque realmente estás alinhado(a) com os teus objectivos e valores. Ainda assim, recomendo que faças o teu plano de carreira. Mais lá à frente vais encontrar umas perguntas-chave para refletires e saberás o que fazer depois.

Caso não estejas satisfeito(a) e sintas que não é aquilo que queres fazer, está na hora de começares a fazer o teu plano de carreira, bem como um plano de transição de carreira.

Numa fase de transição de carreira é importante que estabeleças uma data para mudares de trabalho e que até lá vás atingindo pequenos objetivos que te direcionem ao teu objetivo principal. Não sabes como fazer ou lá chegar? Procura a ajuda de um Coach de Carreira.

Não podia passar para o ponto seguinte sem antes falar também de dois aspectos muito importantes: és workaholic? Estás à beira de um esgotamento? Cuidado! É mesmo tempo de parar e refletir se vale a pena todo esse excesso de entrega. Não é só a tua saúde que está aqui em questão, mas também o equilíbrio entre a tua vida pessoal e profissional. Queres deitar isso a perder?

No último artigo que escrevi sobre resiliência, falei também sobre a importância da técnica da visualização. Ela leva-te onde tu quiseres ir, mas para isso precisas de ter clareza nos teus objetivos. Recria emoções e pensamentos! A visualização tem tudo a ver com performance, resultados e sucesso! Fica a dica.

  • Definir os teus objetivos de carreira

Vou deixar-te aqui algumas perguntas para que reflitas e ganhes clareza sobre uma série de aspetos importantes para a estruturação dos teus objetivos e elaboração do teu plano de carreira.

– O que é para ti sucesso na tua carreira? Já o alcançaste alguma vez? Em que trabalhavas quando o atingiste?

– O que é que mais gostas de fazer? Essa atividade faz parte da tua vida profissional? Se não faz, o que podias fazer para que isso acontecesse?

– Quem são as pessoas que mais admiras e porquê? 

– Se dinheiro não fosse preocupação na tua vida, o que mais gostarias de fazer a nível profissional?

– Imagina-te no teu futuro, num momento em que alcançaste um grande sucesso da tua carreira. Como é a tua vida?

– Se não houvesse qualquer obstáculo, qual era o maior feito que gostarias de conquistar na tua carreira?

– Por fim, a pergunta mais importante de todas: como gostarias de estar na tua carreira daqui a 5 anos? 10 anos? 15 anos?

Uma vez que os teus objetivos estejam claros, é hora de traçar o teu plano de carreira, passo a passo.

E, por fim, gostaria de partilhar contigo ainda duas coisas. A primeira é que invisto bastante na minha Marca Pessoal. Talvez seja interessante começares a investir também nisso, pois é um dos aspetos mais importantes na gestão da tua carreira, e é o tema do meu próximo artigo aqui na rubrica de “Inspirar à acção” das Mulheres à Obra.

A segunda, é dizer-te que é normal que o teu plano de carreira sofra algumas alterações. O meu já sofreu e sabes que mais? Está tudo bem. É importante que faças um balanço todos os anos do que já alcançaste e mudar alguma estratégia caso necessário. E, para isto, é fundamental que tenhas um Mindset Flexível. 

Até breve.

Saudações Empreendedoras,

Joana Glória

Ver Também

5 Características das Marcas que têm o Poder do “Primeiro Beijo”

A Marca certa tem o poder de atrair, envolver e quase que “obrigar” as pessoas a trabalhar…