Home Artigos Carreira Será que a falta de recursos está a limitar o crescimento do teu negócio?

Será que a falta de recursos está a limitar o crescimento do teu negócio?

“Não tenho tempo” “Não tenho dinheiro” “Não tenho…”

Estas são algumas das afirmações mais proferidas por quem não tem os resultados que gostaria no seu negócio, na sua vida.

Deixa-me dizer-te de forma muito direta que ao longo de todos estes anos a acompanhar centenas de clientes e alunos apercebi-me claramente que não é de todo a falta de tempo ou de dinheiro que te leva a não alcançares os resultados que ambicionas.

MAS SIM a FALTA DE ATITUDE perante a falta destes recursos.

É a falta de atitude para “criar mais tempo”, é a falta de atitude para gerar mais dinheiro. Este é o verdadeiro impeditivo. A ATITUDE.

Sei que pode parecer cliché, mas se continuarmos a contar estas historinhas para nós próprios, então é porque necessitamos voltar a ouvir e a recordar estes princípios de êxito. Lembra-te que aprendemos por repetição.

Naturalmente, que a vida seria tão mais fácil se efetivamente existisse essa abundância de recursos, sem requerer um esforço adicional da nossa parte. Contudo, é essa a GRANDE diferença de quem efetivamente faz acontecer e de quem fica apenas pelo desejo/sonho do que gostaria que acontecesse.

As pessoas que gostariam que acontecesse focam-se naquilo que não têm, na ausência de recursos, focam-se no TER, neste caso no “Não TER”. Enquanto as pessoas que alcançam resultados EXTRAORDINÁRIOS, compreendem que para TER é preciso desenvolver uma atitude perante a vida de — SER e FAZER — para consequentemente TER.

Precisamos de desenvolver uma mentalidade, uma postura ANTI- FRÁGIL. Um conceito a que gosto de recorrer para passar melhor esta mensagem. Este conceito foi desenvolvido por Nicholas Taleb.

Estamos habituados a ouvir que para fazermos acontecer precisamos de ser resilientes. Verdade? Mas ora vejamos o significado de resiliência versus anti-frágil.

A resiliência diz-nos que perante um choque, perante uma adversidade, conseguimos manter-nos exatamente, na mesma posição. Então, isto significa que, apesar do caos, apesar da adversidade, temos a capacidade de manter o nosso estado inicial inalterado, mas já o conceito anti-frágil remete-nos para algo muito diferente e, na minha perspetiva, bem mais alinhado com a palavra sucesso — fazer acontecer. Vou explicar melhor.

Considera que algo que é frágil, é como uma garrafa de vidro, assim que cai no chão, parte-se. Tendemos a pensar que o seu oposto — o que não é frágil — é algo que é robusto, que não quebra, ou seja, adotamos, como oposto a frágil, a resiliência. Mas isto não é totalmente verdade. O anti-frágil resiste ao choque, resiste à adversidade e transforma-se, torna-se melhor. Aprende, cresce e transforma-se com a adversidade. E, este sim, é o verdadeiro oposto de ser frágil. E aquilo que realmente necessitamos desenvolver para fazer Acontecer!

No nosso negócio e na vida ao adotarmos uma mentalidade frágil, significa que quando quebramos, não conseguimos recuperar, mas quando passamos a desenvolver uma atitude anti-frágil, quer dizer que passamos a beneficiar com o caos e com a adversidade. Isto é, aquilo que nos aconteceu – esse caos e essa adversidade — até parece que nos coloca mais distantes dos nossos resultados, mas é, precisamente, o oposto.

Podemos imaginar que ser frágil é como o vidro, parte-se e não temos como o recuperar; a resiliência é como uma pedra, é dura, robusta, mas permanece estanque no mesmo lugar; enquanto que, anti-frágil é como uma mola. Ela pode baixar, mas acaba por saltar, transformar-se e crescer. Percebes a diferença?

Por isso, é tão importante aprendermos a desenvolver uma mentalidade, uma atitude anti-frágil.

Consegues recordar-te de situações que ocorreram no teu negócio que à partida foi “um fracasso” mas que a forma como encaraste, reagiste, ou seja, a tua atitude acabou por trazer-te resultados incríveis, muito superiores ao expetável na situação inicial? Tenho a certeza que sim. Que a tua atitude permitiu-te beneficiares desse caos, dessas adversidades. Recorda que o “problema” nunca é a falta de recursos mas a atitude perante essa falta de recursos.

Considera que este é sem dúvida um dos “segredos” para vivermos em alta performance -ATITUDE.

O SUCESSO É UMA JORNADA PARA QUEM OUSA PERCORRÊ-LA – Patrícia Rosa

Ver Também

7 Dicas para Viver Mais Alinhado e Descobrir o seu Propósito de Vida

Lembre-se: todos nós somos líderes de uma forma ou de outra, mas a primeira coisa é perceb…