Home Artigos Empreendedorismo 5 Pilares Essenciais para teres um Negócio Digital de Sucesso

5 Pilares Essenciais para teres um Negócio Digital de Sucesso

A estratégia é o ouro ao qual ninguém tem acesso…

Vivemos tempos onde o espaço digital se tornou obrigatório para quem tem Negócios.

Se antes era uma opção ter uma presença digital, neste momento quem não está no digital não existe na cabeça do consumidor. Se até agora a maioria dos Negócios migrava para o digital, daqui em diante a maioria será aquilo a que eu chamo um “Negócio Nativo Digital” (criado de raiz para operar em plataformas digitais). E, por isso, estamos no momento certo para solidificar negócios e para criar negócios assentes numa estrutura digital.

No entanto, é essencial que esta estrutura tenha como base pilares sólidos. Uma casa nunca se começa pelo telhado. E um negócio é isso mesmo, uma “casa” que tem que ser bem decorada e preparada para receber da melhor forma, com encanto, conforto e intenção de bem servir. A pergunta que mais faço aos meus alunos e alunas é a seguinte: “Como gostas de ser recebido(a)?” – É exatamente dessa forma, da forma como gostamos de ser recebidos, que temos que receber os nossos potenciais clientes.

O espaço digital torna-se todos os dias mais competitivo e o consumidor rapidamente se perde no meio de tanta informação. É essencial sermos relevantes para nos conseguirmos destacar no meio de tanta informação. Não nos podemos dar ao luxo de ser mais um. Temos mesmo que ter a capacidade de nos tornarmos na melhor opção na cabeça do nosso potencial cliente.

Pois bem, para criares/preparares o teu negócio para esta nova era de transição acelerada para o mundo digital, deixo-te 5 Pilares que considero essenciais para se ter um Negócio Digital de Sucesso:

1º Pilar – Definir muito bem o Teu Negócio

Parece muito simples, mas é talvez dos passos onde os empreendedores mais falham. Definir bem o teu Negócio vai trazer-te clareza no caminho e na forma como comunicas o teu negócio ao teu potencial cliente.

Deves começar pela Missão. O que queres entregar ao mundo? Que legado queres deixar com o teu negócio? Que mudança entregas com o teu produto e/ou serviço? Porque fazes o que fazes?

De seguida, esta missão deve ser transformada em Visão. Onde estará o teu Negócio daqui a 5, 10, 15 anos? Como queres ser reconhecida?

Passamos aos Valores, e aqui vais antecipar como queres que os teus clientes se sintam no contacto com a tua Marca. Que palavras queres que eles utilizem para te descrever? Que palavras-chave vais utilizar na tua venda? Alinha estes valores com a tua missão.

E, por último, quem é a pessoa que queres que se apaixone pelo teu negócio? O teu Cliente Ideal é a tua estrela do Norte! Tudo o que é criado daqui para a frente deve ser criado a pensar nesta pessoa: Marca, Website, Produtos, Serviços. Em cada post na rede social esta é a pessoa que deves ter em mente. Que problemas tem esta pessoa que podes ajudar a resolver com o teu negócio? Que sonhos tem esta pessoa que o teu negócio pode ajudar a realizar?

2º Pilar – Posicionamento

É aqui que entra a tua magia.  Um bom posicionamento é a rampa de lançamento que precisas para a autoridade. Para que sejas vista como uma referência naquilo que entregas, a criação de uma Marca com intenção de bem receber o teu cliente ideal é indispensável. Atenta ao facto de que uma Marca é muito mais que um logótipo. A tua Marca é o ambiente de conforto do teu Cliente Ideal, é o “efeito primeiro beijo” que vai fazer com que os teus seguidores não se esqueçam de ti, queiram mais, e se juntem à tua Tribo de fãs no primeiro contacto contigo e com a tua Marca.

Encontrares a tua Magia é crucial.  O que fazes de diferente do que já é feito no mercado? Porque devem as tuas pessoas comprar de ti e não de outra pessoa que faz o mesmo? Que lugar queres ocupar no coração dos teus seguidores?

Conta a tua história! Quem és tu? O que tens de único? Que transformações experimentaste? Que dificuldades enfrentaste? Histórias são lembradas, recontadas e geram conexão.

Para um bom posicionamento é essencial que te apresentes de forma profissional. Entrega o que gostas de encontrar enquanto cliente. Entregar um serviço de excelência não é diferenciação. É obrigação.

Feito não é melhor que perfeito quando falamos de posicionamento. Garantidamente. Por isso, trata de decorar deliciosamente a tua casa digital. A ideia é que a cada vez que um possível cliente entre em contacto contigo não te esqueça mais e que entres para o “mapa das marcas” que entregam o que entregas na sua cabeça. Dou-te o exemplo da Bolacha OREO: ninguém compra uma “imitação” desta bolacha se puder comprar a verdadeira. O ideal é trabalhares para ganhares “poderes GILLETE” que “roubou” no nosso vocabulário o lugar à lâmina de barbear.

3º Pilar – Gerar valor – o conteúdo é o Rei da Festa

Vivemos numa era de pessoas para pessoas, e o digital, ainda que não pareça, tem uma capacidade gigante para criar relação. Nos negócios digitais esta relação é criada através do conteúdo que partilhamos nas nossas plataformas digitais. Atenção. Este conteúdo deve ter sempre uma base. Deves optar pela forma de conteúdo que mais te agradar a ti, mas também pela que melhor serve a tua audiência.

O que quero dizer com “base de conteúdo”? A base é o ponto de partida de toda a tua partilha. Aconselho-te a optar por uma das seguintes bases de conteúdo: blog, podcast ou vídeo. No meu caso, optei por vídeo. O meu canal de YouTube é talvez das coisas que mais me dá prazer alimentar no meu negócio.

Ainda que publique frases inspiradoras, imagens, questões, etc., a base é sempre vídeo. E este vídeo tem sempre como objetivo servir a minha audiência, no fundo, entregar o primeiro passo da transformação que quero ver no meu cliente. Não tenhas medo de partilhar o teu conhecimento. Queremos que os teus seguidores pensem: “Se isto é o conteúdo gratuito, o pago deve ser bombástico!” E tem mesmo que ser!

4º Pilar – Autonomia – Tens que estar no comando

Vejo imensos empreendedores a delegar “partes” do seu negócio no início. Atenção que eu não sou da opinião que deves fazer tudo no teu negócio para sempre, mas no começo é imprescindível. Tens que conhecer todos os cantos da tua casa e deves ser sempre o SOS do teu negócio. Se o teu website falhar à meia-noite em dia de venda qual é o Web Designer que te vem socorrer? Para além disso, quando sabemos fazer, falhamos as vezes que forem necessárias. E falhar é essencial no empreender. Mesmo. Adoro ver os meus alunos e alunas saírem da “crisálida” passando de “nabos digitais” a borboletas digitais capazes de voar por toda a rede a seu gosto.

5º Pilar – Comunidade

Qualquer que seja o nosso destino, acompanhados vamos sempre melhor e chegamos sempre mais ricos. Rodeia-te das pessoas certas, a nossa comunidade de Mulheres à Obra é um excelente exemplo disso. Mulheres apoiando e ajudando outras mulheres a crescer.

Empreender pode por vezes ser um caminho muito solitário. Sobretudo, porque normalmente somos as únicas entre os nossos familiares e amigos que se decidem aventurar a “fazer acontecer”. Estando em comunidade vais ter sempre quem te apoie nos momentos mais difíceis, mas também quem te desafie a ser cada vez melhor e a saltar ainda mais alto.

A mensagem final que te quero deixar é que o meu Negócio Digital mudou-me a vida. Tanto, tanto. Mas para uma versão muito melhor de mim mesma. Os desafios, o ultrapassar de obstáculos, aceitar ser vulnerável, enfrentar o medo da exposição… Sou uma versão melhorada da “Rita não empreendedora”, com relações mais profundas com os meus e vivendo uma vida alinhada com a minha definição de sucesso.

Se pensas criar um Negócio Digital não esperes para amanhã. Começa hoje. Vai ser fácil? Não. Mas vai valer muito a pena!

Rita Loução – https://ritaloucao.com/

Ver Também

5 Características das Marcas que têm o Poder do “Primeiro Beijo”

A Marca certa tem o poder de atrair, envolver e quase que “obrigar” as pessoas a trabalhar…