Home Artigos Vida Desafios da TPM

Desafios da TPM

Longe (bem longe) vão os tempos em que a mulher ficava em casa a cuidar dos filhos, da roupa e a fazer o jantar. De elemento ‘secundário’ e cuidador, passámos a protagonistas e a quem é entregue o papel principal, com todo o peso que isso acarreta.

Em março celebra-se o Dia Internacional da Mulher, um dia que, embora simbólico, celebra e imortaliza as centenas de mulheres que lutaram com toda a sua garra para que hoje possamos estar aqui a ler e a partilhar histórias. Devemos-lhes muito!

Analítica e minuciosa, explosiva ou tímida e recatada? Em qual destas características te encaixas?

Responde a este pequeno questionário e partilha comigo que tipo de mulher és!

Diferenças de géneros

Numa era de novas mentalidades e realidades, quer sociais quer laborais, de novas vivências, de uma sexualidade (quase) sem tabus e derrubados que foram imensos preconceitos relacionados com o género, importa perguntar:

Existem diferenças entre os géneros?

O diálogo sobre este tema está, mais do que nunca, em cima da mesa. A verdade é que as diferenças de género são bem evidentes, não só fisicamente, mas em diversas situações do quotidiano.

As 7 maiores diferenças entre géneros

1)            Voz mais fina

A testosterona, hormona que existe em quantidades substancial nos homens, é a grande responsável pelos homens terem a voz mais grave.

 2)           Seios

Um dado muito curioso e até engraçado sobre esta características das mulheres. Um estudo da Universidade de Wellington, na Nova Zelândia, constatou que 47% dos homens olha primeiro para o peito e só depois para o rosto. Engraçado, no mínimo.

 3)           Curvas mais delineadas

Biologicamente o corpo da mulher nasce preparado para a maternidade e, por isso, as mulheres têm ancas mais largas e arredondadas. Para além disso, o nosso metabolismo tende a converter mais energia em gordura que, posteriormente, se acumula nas zonas críticas e que nos dão tanta dor de cabeça: peito, coxas, barriga. O drama de muitas mulheres!

4)            Menos pelos

Derivado também da testosterona, os homens têm mais pelos do que as mulheres.

5)            Memória mais trabalhada

A tão badalada capacidade de fazer várias coisas ao mesmo tempo, é muito comum nas mulheres. Quanto à memória, a mulher tem uma memória mais ágil e mais trabalhada do que a dos homens.

6)            Maior longevidade

Estatisticamente as mulheres têm uma maior longevidade do que os homens. Uma das explicações para este fenómeno pode estar na ação das hormonas sexuais (estrogénios e testosterona) têm no envelhecimento das células estaminais, sendo as mulheres favorecidas.

7)            Mais suscetíveis ao stress e à ansiedade, no entanto lidamos com ele muito melhor

As alterações hormonais a que as mulheres estão sujeitas ao longo da sua vida estão na origem desta predisposição para o stress, ansiedade e, em alguns casos, a depressão.

A vida agitada e as ‘obrigações’ do quotidiano que muitas mulheres ainda carregam às costas é também outra das possíveis causas.

TENSÃO PRÉ MENSTRUAL, coisa de Mulher

 Dores de cabeça, irritabilidade, vontade de comer bolos e chocolates. Se és mulher e estás a ler este artigo tenho a certeza de que já te sentiste assim.

A Tensão Pré e Pós-Menstrual existe e incomoda muitas mulheres.

A TPM é o resultado de uma desarmonia da energia de alguns órgãos motivada pela alteração da relação entre a energia e líquidos orgânicos na altura do ciclo menstrual, que se agrava com fatores como o stress e a má alimentação.

Por norma os sintomas começam a manifestar-se 10 a 14 dias antes da menstruação e manifestam se, na maioria das vezes, no aspeto físico, psicológico e emocional. Quem não se queixa das borbulhas e da pele oleosa nesta altura do mês? 

A esmagadora maioria das mulheres tem, pelo menos, um sintoma associado a esta fase ‘sensível’ do mês.

 Recordo-me do caso da Mariana, apesar de muito jovem, sofria imenso com a TPM e quando me procurou dizia que lá em casa ‘’aquela altura do mês’’ estava a tornar-se um elefante na sala, tal era a desordem energética em que ela ficava.

 3 dicas naturais para acalmar estes sintomas

Óleos Essenciais, já ouviste falar? Podes ler mais sobre o tema aqui.

Sinergia Emocional – um mix de três Óleos Essenciais que atuam no sentido de acalmar, relaxar e estabilizar. Podemos aplicar topicamente na planta dos pés ou inalar X vezes seguidas durante 5 segundos.

Alimentação Variada – uma alimentação rica em fibras, ferro e vitaminas e beber muita água vão ajudar muito a ultrapassar esta fase. O sal, o açúcar, o café, as comidas picantes e as carnes vermelhas devem ser evitadas.

Exercício Físico – não fiques a comer chocolates ou irritada, sai de casa, caminha e ouve música. Queimar energia e apanhar ar fresco vai ajudar!

Abordei este tema de uma forma ligeira, mas a verdade é que há mulheres que sofrem bastante nesta altura do mês. É muito importante que percebam que há soluções naturais e muito eficazes para levar o período menstrual de uma forma tranquila e ligeira.

Cada mulher é única, distinta e singular. Devemos valorizar-nos pelo que somos e não seguir padrões de beleza estereotipados e que a sociedade nos impõe.

Que tipo de mulher és? Já fizeste o questionário? Partilha comigo o resultado.

Liliana Santos

Ver Também

3 Estratégias para alcançares uma rotina mais tranquila

Quando falamos de Sucesso, realização pessoal e profissional, sentido de propósito, natura…