Home Noticias Covid-19 – Recomendações para Pequenos Negócios

Covid-19 – Recomendações para Pequenos Negócios

O Covid-19 representa o maior desafio que a nossa sociedade enfrentou nas últimas décadas. Perante a gravidade da situação, é essencial definir rapidamente procedimentos que permitam minimizar o seu impacto.

No que se refere aos aspetos relacionados especificamente com a saúde, aconselhamos vivamente que adoptem as recomendações das autoridades competentes, nomeadamente no que se refere ao isolamento voluntário.

No entanto, acrescentamos algumas recomendações específicas para a nossa comunidade de mulheres empreendedoras.

Muitos negócios, particularmente os mais recentes e de menor dimensão, não têm capacidade para sobreviver alguns meses sem faturar. O encerramento de estabelecimentos, lojas, restaurantes e outras instalações, e/ou a simples ausência de clientes, representam uma ameaça muito séria à sua sustentabilidade.

Temos por isso que revelar uma extraordinária capacidade de resiliência, proatividade, criatividade e, sobretudo, solidariedade, para ultrapassar este desafio.

As nossas recomendações são apenas algumas ideias que acreditamos poderem contribuir para este esforço. Esperamos que sejam úteis à nossa comunidade.

 

ISOLAMENTO VOLUNTÁRIO

Encerrem os estabelecimentos com atendimento ao público que não comercializam bens essenciais. Caso tenham mesmo que continuar com os negócios abertos, limitem ao máximo o contacto com o público e respeitem todas as medidas de segurança e higiene. Quanto mais rigorosos formos na prevenção, menos recursos e tempo teremos que despender na remediação.

APOSTA NO DIGITAL

Apostem fortemente na componente digital dos vossos negócios. Melhorem ou criem sites e/ou páginas de Facebook/ perfis de Instagram e similares, consoante os vossos recursos e conhecimentos, e publiquem regularmente nos vossos blogs e redes sociais conteúdos de valor para o vosso público alvo. Estes conteúdos, apesar de não representarem vendas no imediato, poderão contribuir para angariar os clientes que, no futuro próximo, irão garantir a sobrevivência do vosso negócio.

ADAPTAÇÃO

Considerem as necessidades que surgem das contingências que estamos a enfrentar e pensem como lhes podem dar resposta, apoiando a comunidade enquanto asseguram a sustentabilidade dos vossos negócios. Por exemplo, caso se justifique para a vossa área de negócio, podem apostar nas entregas ao domicílio de bens essenciais para os vossos clientes habituais que estão em casa (respeitando as regras de higiene e segurança).

CAMPANHAS

Lancem campanhas com descontos especiais para aquisições efetuadas durante o período de isolamento; apostem nos passatempos, concursos, desafios, sorteios e outras iniciativas similares que facilitem as vendas neste contexto. Se trabalham na área do turismo, por exemplo, podem lançar campanhas em que o cliente paga agora mas tem um prazo alargado para usufruir do serviço adquirido.

COMPRAS ONLINE

Continuem a comprar online e adiem as entregas para quando for seguro fazê-las. Se deixam de comprar, agravam ainda mais a situação das empreendedoras que suspenderam a componente presencial dos seus negócios. Por cada compra que fazem neste momento crítico, estão a contribuir para a sustentabilidade do nosso ecossistema empreendedor.

Sobretudo, mantenham a calma e não desesperem. Estamos todas no mesmo barco, pelo que são muitas cabeças a pensar no mesmo problema. Se nos unirmos e mantivermos o diálogo construtivo e o espírito de entreajuda e cooperação, podemos maximizar as nossas oportunidades e procurar soluções viáveis para os nossos negócios.

Ver Também

Escrever para inspirar à Ação

A partir de junho vai ser possível encontrar, às segundas-feiras, um artigo de opinião esp…