Home Noticias Mulheres à Obra criam novos grupos de networking

Mulheres à Obra criam novos grupos de networking

Num momento em que a nossa comunidade de patrocinadoras já atingiu estabilidade e consistência, chegou o momento de reforçar as sinergias entre todas.

Para tal, estão a ser constituídos grupos de trabalho com vista a:

  • Organização por setor de atividade – Task Forces
  • Reforço do processo de referenciação – TEAM.MAO

O objetivo das Task Forces consiste em reunir patrocinadoras que trabalham em áreas relacionadas, para facilitar a cooperação e a criação de parcerias. É também estimulado o debate sobre os desafios específicos em cada setor de atividade.

De momento temos Task Forces na área do bem estar, construção e decoração; marketing e vendas; e eventos. Poderão ser criadas task forces em outras áreas, se tal for proposto pelas patrocinadoras.

O reforço do processo de referenciação é efetuado pelo grupo TEAM.MAO. É um grupo que acabou de nascer mas tem já perto de 30 patrocinadoras que todas as segundas feiras se reúnem para apresentar os seus projetos e trocar oportunidades de negócio.

Estes grupos possuem uma elevada autonomia e a sua gestão é garantida pelas próprias patrocinadoras, respeitando os Princípios Orientadores das Mulheres à Obra.

São eles:

  • Inclusão: qualquer patrocinadora que deseje aderir a um grupo deve poder participar, desde que a sua pertença seja pertinente (por exemplo, não fará sentido uma patrocinadora na área do catering querer participar no grupo sobre construção e decoração).
  • Igualdade: Os grupos podem funcionar num sistema de democracia direta (coordenação coletiva de todos os membros) ou podem ser coordenados por uma patrocinadora ou uma equipa de patrocinadoras. Neste caso, deverá ser definido um sistema de rotatividade que garanta que todas têm igual direito de participação (por ordem alfabética, sorteio ou outro critério aberto, sem eleição). A mesma coordenação não deve manter-se por mais de 6 meses.
  • Responsabilidade: as patrocinadoras devem comprometer-se com as normas de funcionamento de cada grupo. O não cumprimento pode dar origem a exclusão, nomeadamente no caso do TEAM.MAO, que necessita da assiduidade dos seus membros para ser funcional.
  • Reciprocidade: os grupos devem funcionar com base em relações equilibradas de benefício mútuo, em todas as suas áreas de atuação: apoio às vendas e referenciação; formação e capacitação; estabelecimento de parcerias; estímulo ao associativismo e à organização coletiva; etc.

Com estas iniciativas estamos a garantir a criação de uma comunidade dentro da comunidade. São iniciativas que facilitam a coordenação entre patrocinadoras e lhes permitem adquirir experiência na conceção e coordenação de dinâmicas de networking.

É um processo que está a dar os primeiros passos, mas acreditamos que tem tudo para dar certo!

Queres aderir às nossas patrocinadoras? Sabe como AQUI

Ver Também

Escrever para inspirar à Ação

A partir de junho vai ser possível encontrar, às segundas-feiras, um artigo de opinião esp…