Home Artigos Vida Supera_te: mulheres unidas contra a violência doméstica

Supera_te: mulheres unidas contra a violência doméstica

As Mulheres à Obra têm por propósito estimular o espírito de iniciativa e as competências de liderança das empreendedoras em Portugal, com vista à prossecussão de objetivos comuns e à construção de um mundo melhor para todas.

No seguimento deste espírito, a nossa comunidade de parceiras desenvolveu uma iniciativa de Responsabilidade Social que tem por propósito apoiar organizações que foram criadas por mulheres, incluem mulheres nos seus quadros dirigentes e/ou que são vocacionadas para a promoção:

  • Da igualdade de género;
  • Do combate à violência sobre as mulheres;
  • Do apoio a mulheres vulneráveis à pobreza e exclusão social;
  • Do apoio à sustentabilidade ambiental.

Lutar contra a violência doméstica – uma prioridade incontornável

O Boletim Estatístico de 2022 da Comissão para a Igualdade de Género (CIG) revela que a violência doméstica atinge, de forma desproporcional, as mulheres, sendo que em média, em cada 10 pessoas vítimas de violência doméstica, 8 são mulheres e apenas 2 são homens.

O relatório acrescenta ainda que a maioria das situações de violência doméstica ocorre em relações conjugais ou de intimidade, seguidas de relações filio-parentais. Em 2021, 63,7% das pessoas denunciadas eram cônjuges, companheiros/as, ex-cônjuges ou excompanheiros/as das vítimas e em 36,3% dos registos, as pessoas denunciadas eram filhos/as, enteados/as, pais (mãe e/ou pai) e padrastos (padrastos e/ou madrastas).

O relatório conclui que a violência doméstica continua a ocorrer, predominantemente, em contexto de
relação de intimidade ou de relação filio-parental, atingindo sobretudo as mulheres. Considerando esta realidade preocupante e perturbadora, as nossas parceiras decidiram iniciar a sua iniciativa de Responsabilidade Social precisamente com o apoio a uma entidade que visa o combate à violência sobre as mulheres.

Supera_te

Assim, a nossa iniciativa de Responsabilidade Social arranca neste mês de janeiro com a Supera_te, um organização vocacionada para a luta contra a violência doméstica. A Associação Supera-te resulta de mais de 20 anos de experiência pessoal, profissional e formativa da Presidente Executiva, Cátia Silva.

Nos últimos 9 anos, a iniciativa apoiou ativamente vítimas de violência doméstica, mas foi em Março de 2021, aquando do lançamento do livro Sai da Cama em que te Deitas, que surgiu a oportunidade de chegar a mais vítimas e profissionalizar o apoio prestado.

Em 26 de Setembro de 2022, a Supera_te foi formalizada enquanto associação que visa um propósito claro: humanizar contra a violência doméstica. A sua ação decorre essencialmente através de ações de sensibilização e formação nas escolas, a fim de promover a prevenção contra a violência doméstica que começa no namoro.

Paralelamente, a associação apoia e orienta vítimas de violência doméstica através de uma metodologia personalizada, com o objetivo de combater as lacunas existentes. Esta abordagem abrange a consciencialização relativamente ao ciclo da violência, da denúncia e do processo jurídico, assim como todo o suporte emocional e de orientação na reconstrução de uma nova forma de estar e de viver.

Nas palavras de Cátia Silva, “queremos apoiar e orientar as vítimas, para que compreendam que a violência doméstica não é uma sentença para toda a vida”.

Como apoiar

Quem se quiser juntar a esta causa tão urgente e meritória pode fazê-lo inscrevendo-se para sócio. Para tal, basta preencher este breve QUESTIONÁRIO e seguir as instruções de adesão.

Links

Site – https://superate.pt/

Instagram – https://www.instagram.com/supera_te_associacao/

TikTok – https://www.tiktok.com/@supera_te_associacao

Imagem de Ryan McGuire por Pixabay

Ver Também

A importância do autocuidado

Encontrar o equilíbrio entre vida pessoal e profissional é claramente um desafio, especial…