Home Artigos Vida 5 Dicas para um Natal Sustentável

5 Dicas para um Natal Sustentável

Sustentabilidade

O Natal e a passagem de ano são ocasiões excelentes para pôr em prática algumas mudanças no nosso estilo de vida que serão necessárias para que possamos reduzir a nossa pegada ecológica.

Cada contributo conta e já não há tempo para deixar para amanhã.

1. Preparar o espírito de Natal

As decorações são um elemento central do espírito de Natal. Das árvores às luzes, das fitas às bolas e artigos afins, a azáfama é grande e as opções que nos surgem nem sempre sustentáveis. A questão que surge todos os anos é se a árvore deve ser artificial ou natural?

Há prós e contras, mas no essencial, no caso de produtos artificiais, a palavra chave é reutilizar. Se tem uma árvore artificial o melhor que pode fazer é usá-la muitos e muitos anos. Cuidar bem dela, de forma a que se mantenha em boa forma e reutilizá-la décadas (sim, elas duram décadas). A mesma regra aplica-se a todos os outros produtos de decoração. Reutilizar, cuidar e reutilizar de novo!

Se ainda não tem uma árvore, há sempre a hipótese de adquirir uma árvore com raiz (desde que tenha depois uma forma de a devolver à natureza, seja no seu jardim ou no jardim de alguém). Também pode construir a sua própria árvore, bem como as suas decorações, preferencialmente reutilizando materiais que já tenha. A internet é um mundo de ideias! Aproveite-a e envolva a família e amigos na tarefa.

2. À mesa o desperdício ZERO começa no planeamento

Planeie as refeições dos dias de festa – véspera de Natal, Natal, Passagem do Ano, Ano Novo e Reis – e faça uma lista dos ingredientes que precisa antes de ir às compras. Não se esqueça de articular a sua lista com a dos outros convidados.

Assim, evitará comprar mais do que aquilo que necessita. Nas suas compras para as refeições de Natal e Ano Novo prefira produtos a granel ou pouco embalados. Procure as lojas com venda a granel e os mercados locais são também uma boa opção. Mas claro, leve os seus sacos e recipientes. Só assim o granel terá um impacto menor.

Faça uma pesquisa na Internet para descobrir a que lhe é mais próxima. Opte também por comprar produtos locais e, no caso dos produtos alimentares, prefira os da estação do ano e de agricultura biológica.

O que servimos à mesa também deve ser tido em conta. Se puder, substitua alguns ingredientes de origem animal por alternativas vegetarianas e prefira as carnes brancas. Em relação ao pescado, compre bacalhau e polvo de grande dimensão e dê preferência ao bacalhau pescado de forma sustentável (certificado).

certificação (sustentabilidade, comércio justo, agricultura biológica) também deve ser tida em conta em produtos como os chocolates, onde já existe uma ampla oferta e já não temos desculpa para não optar pelas marcas que já deram este passo.

Nos seus jantares e almoços festivos utilize sempre produtos reutilizáveis (pratos, copos, talheres, etc.), combatendo a proliferação de descartáveis na nossa vida e no ambiente.

Cozinhou comida a mais? A palavra de ordem é “Não Desperdiçar”! O que sobrou pode ser reutilizado noutros pratos.

3. Ai as prendas, as prendas…

Se tem mesmo que dar uma prenda e não sabe o que oferecer, um produto comestível (ex: uma lata de chá biológico, um vinho, chocolates artesanais) é uma boa garantia de sucesso.

Também pode oferecer algo feito por si. Umas bolachas, bolinhos ou bombons caseiros em frascos reutilizados são uma hipótese. Oferecer fotos memoráveis ou frases inspiradoras numa moldura feita por si reutilizando materiais que tenha em casa, também pode ser uma bela surpresa para quem recebe.

Comprar presentes em segunda mão pode ser uma excelente opção em termos ambientais e económicos.

No entanto, tenha atenção aos materiais plásticos, especialmente no que toca a brinquedos e a utensílios de cozinha. Em alguns casos, podem conter substâncias que atualmente já estão proibidas.

Uma outra opção é a de oferecer o apoio a causas – adotar uma causa, apoiar uma instituição. Pode também oferecer experiências – passeios, ações de voluntariado, uma ida ao teatro, etc. – em alternativa aos bens materiais.

E claro, os livros são sempre uma prenda interessante.

Ainda em busca de presentes? Vá às compras na sua própria casa. Certamente tem presentes que lhe foram oferecidos e que nunca utilizou ou irá utilizar. Porque não oferecê-los a alguém que poderá vir a dar-lhe um destino útil?

4. E depois da entrega dos presentes…

Infelizmente nos dias seguintes ao Natal ainda é visível que a redução e a separação seletiva não fazem parte das práticas de muitos portugueses. Se a aposta na prevenção não foi muito eficaz, é absolutamente fundamental que separe os materiais de embrulho e outros e os procure reutilizar.

Para o que não for possível reutilizar, deveremos encaminhar para os ecopontos para serem reciclados. Se estes estiverem cheios, aguarde um ou dois dias.

Se tiver essa possibilidade, separe os resíduos orgânicos e encaminhe-os para compostagem.

5. O novo Ano!

Ano novo, vida nova! E porque não assumir alguns compromissos que possam conduzir à redução da sua pegada ecológica?

O mais eficaz é reduzir o consumo de proteína animal. Pode ser apenas uma refeição por semana (para facilitar o processo de transição, pode sempre dar a entender a familiares e amigos o seu interesse num curso ou livro sobre cozinha vegetariana).

Reduzir as viagens de avião e privilegiar os transportes coletivos nas viagens quotidianas é outro passo muito importante.

Se precisa de alguma coisa, procure perceber se não pode reutilizar algo que já tenha, pedir emprestado, alugar (em particular coisas que precisemos por períodos curtos). Se tiver mesmo de comprar, averigue se consegue comprar em segunda mão. Compre produtos novos apenas quando for estritamente necessário e procure que sejam de qualidade, duráveis, reparáveis e recicláveis.

Umas Festas Muito Felizes, assentes num consumo responsável e sustentável!

Susana Fonseca

Vice-Presidente da Zero

Ver Também

A importância do autocuidado

Encontrar o equilíbrio entre vida pessoal e profissional é claramente um desafio, especial…